Cases & Estratégias

Tufi Duek World: um Mundo à Parte

 Há cerca de um mês estava fazendo uma pesquisa sobre o Eduardo Pombal e entrei no site da Tufi Duek em busca de informações oficiais sobre o estilista. Continuei navegando e caí no blog, o TD World. Fiquei super chateada de ver como uma marca que já foi uma das grandes referências da moda brasileira está tão perdida. O blog, que supostamente deve funcionar para comunicar o universo da grife e atuar como um coadjuvante para as vendas, é um triste exemplo de mau uso das ferramentas digitais, com posts que falam mais sobre outras marcas do que sobre a própria Tufi Duek.


Depois de rolar 7 páginas, me deparei com o 1o post sobre a marca. Nas tags, outras marcas em destaque

No primeiro dia que entrei, a matéria mais recente fazia uma “comparação” entre o desfile da Gucci de primavera/verão 2013 e o desfile da TD, mostrando como a cartela de cores era semelhante…  Mais recentemente, as matérias eram sobre a “Little Black Jacket” da Chanel, as pérolas da Mikimoto, a celebração dos 30 anos da Armani Junior e os diamantes da Tiffany… Sobre a grife, a coleção, lançamentos de produtos, beleza do desfile, enfim, qualquer informação que estimule a cliente… nada! Ou melhor, tive que rolar por 7 páginas até chegar em alguma coisa! Para piorar, na nuvem de “tags mais populares” tem Dior, Chanel e Manolo Blahnik! Alguém pode me explicar qual é o objetivo disso?

Campanha “Mostra a tua cara”, de 1994

Fiquei me lembrando muito das campanhas da Forum nos anos 80 e 90 (naquela época não existia a Tufi Duek e o próprio estava à frente da companhia, que hoje pertence ao grupo AMC), quando a marca lançou o slogan “desejo do Brasil” e sempre trazia, com orgulho, elementos brasileiros em suas campanhas e desfiles. Uma delas foi “Mostra tua cara”, de 1994, comparando personalidades daqui e de fora, de forma a exaltar nosso talento (Louis Armstrong/Pixinguinha, Billie Holiday/Elis Regina, Marilyn Monroe/Leila Diniz). Apesar de algumas campanhas caírem em clichês, havia uma mensagem clara, uma vontade real de sair do lugar comum e de impactar os consumidores. Bons tempos… Que saudades do Tufi Duek!

Campanha “Welcome to Brazil”, de 1995

Resumindo: como uma das marcas que deveria ser referência e autoridade da moda brasileira quer ganhar credibilidade se comparando o tempo inteiro a outras? O blog TD World é um típico caso de perda de identidade e de uma total falta de estratégia de comunicação, que acaba se refletindo da marca como um todo. E este exemplo serve para tantas outras marcas brasileiras. Sei que o nosso setor têxtil está passando por dificuldades e que muitas empresas estão sofrendo quedas nas vendas por causa de diversos fatores, entre eles a chegada dos concorrentes internacionais. Mas não vale só culpar a economia, os altos impostos e as políticas governamentais. O que as grifes de moda nacionais estão fazendo efetivamente para manter ou recuperar sua fatia de mercado e a atenção do consumidor? Ter produto de qualidade e preço competitivo é muito pouco. O cliente quer emoção, quer identificação, quer ser conquistado! Se as portas não estiverem abertas para isso, ele não vai entrar…

Obs: quero deixar bem claro que não tenho nada contra a Tufi Duek, a Forum e o grupo AMC, pelo contrário! Gosto dos vestidos da TD e já fui cliente da marca, por isso lamento ver que uma grife com tanto potencial e tanta história não esteja tirando proveito dessas coisas para ampliar sua comunicação e atingir um número maior de consumidores. Tomara que isso mude logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.