Dilemas de Beleza

Dilemas de Beleza: A Qualidade da Água – Parte 2

 

Já contei aqui sobre o meu dilema com os efeitos da água nos cabelos e na pele. Antes de mudar pra Londres já sabia que teria que comprar um filtro de chuveiro para tirar o cloro e outros metais da água, que aqui é tão quimicamente tratada que deixa as louças (e tudo mais que você lavar) com um resíduo “branco”. Até meu filtro chegar, foram dias jogando água filtrada no último enxague do banho e borrifando água termal da Vichy nos fios (truque ótimo, aliás). Fora a tentação de sair comprando um monte de máscaras hidratantes para recuperar os cabelos…

Depois que o filtro foi instalado, percebi a diferença na hora. A pele não fica com aquela sensação de “repuxamento” e os fios ficam mais soltos e macios. Antes eles estavam tão ressecados e com as pontas tão embaraçadas que quase fui parar no cabeleireiro. E não tinha leave-in, hidratante ou serum que desse jeito (e minha coleção quase que inteira veio comigo…)

Bom, o filtro que comprei na Amazon é bem simples e dura 6 meses até precisar trocar o cartucho.  Custou 21 libras, bem razoável. Pesquisando, vi que existem modelos mais sofisticados, com vitamina C e outros ingredientes que melhoram a hidratação mas não sei se realmente funcionam. Quem sabe no futuro vale um teste? Por hora, este filtro básico é tudo que preciso!

 

One thought on “Dilemas de Beleza: A Qualidade da Água – Parte 2

  1. Ótima dica, quem dera eu tivesse lido isso há 6 meses atrás, quando cheguei em Londres. Meu cabelo hoje tem 50% de volume a menos e está muito ressecado, apesar de todos os produtos que passo. Um amigo sugeriu que o problema é a água e agora vou tentar o filtro. Obrigada pelo link do filtro, estive procurando bastante. O preço em 2018 ainda é o mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.