Carreira

Preciso de um Tempo…

Sabe quando o iPhone avisa sobre o Low Power Mode? Estou passando por isso neste momento, justamente num período que não era para me sentir assim. Há cerca de um mês apresentei o Project M na London College of Fashion, para um painel de profissionais do mercado. Ganhei bons feedbacks, fiz contatos e tinha tudo para seguir em frente. Só me faltava vontade. Talvez fosse uma certa exaustão depois de meses de preparação, uma ressaca pós-Brexit ou a sensação de que as coisas param ou pouco nessa época, já que todo mundo sai de férias (menos eu L). Mais do que esses fatores, analisando a situação agora, acredito que precisava mesmo de um tempo para fazer um mini balanço da vida e da carreira. Então, fiz um acordo comigo mesma de que a ‘to do list’ vai ser posta em prática, só que não imediatamente…

Usei esse time off para repensar meus objetivos, entender melhor o meu approach profissional, onde e como quero chegar e, principalmente, para parar de me cobrar tanto, o tempo todo. Entender que minha patrulha interna além de ser irreal só serve para minar minha autoestima tem sido super importante neste processo. Outro ‘vício’: relembrar de situações passadas que, aparentemente, não deram certo e achar que vai ser sempre assim. Um padrão que aos poucos estou deixando para trás. Aliás, valorizar o presente e compreender que só ele importa é uma das chaves para ficar menos ansiosa e preocupada, e afastar aqueles pensamentos negativos inúteis.

Acima de tudo, precisei desse break para finalmente perceber que o que conta mesmo é a nossa atitude, nossa vontade de dar certo e que agora só preciso dar o primeiro passo e confiar em mim. Sim, o primeiro talvez seja o mais difícil, mas ironicamente é o mais simples. A parte complicada de estudar, planejar e formatar um projeto já está feita, agora é só abrir a porta e sair pelo mundo com ele debaixo do braço!

Ps: escrever este post me motivou também a compartilhar mais sobre esses desafios da carreira, principalmente quando se escolhe uma que não seja ‘convencional’. Estou lendo livros e descobrindo blogs sobre o tema e em breve começo a explorar melhor o assunto aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.