Fotos Controversas em Exposição em Paris

Post

opium-ysl

Campanha de YSL, 2000.

Há muito mais polêmicas envolvendo a história da fotografia que os tão discutidos retoques de photoshop que tomaram de assalto as páginas de revistas. Prova disso é a exposição Controverses, que ocupa a Biblioteca Nacional da França, em Paris, até 30 de maio. As controvérsias sugeridas pelo título da exposição são diversas, e vão desde imagens chocantes de guerras até questões de direitos autorais e tiragens, além de retoques que remontam a décadas em que nem se pensava em brushes de photoshop. No retrato de Jean-Paul Sartre, por exemplo, o cigarro que o filósofo segurava foi apagado em acordo com a lei antitabagista. Imagens marcantes do universo da moda garantem seu lugar entre as paredes da sala de exposição, que ficou pequena para tantos visitantes (confesso que foi preciso lutar contra as cabeças que muitas vezes ocultavam as fotos emolduradas à minha frente – numa tarde de quarta-feira).

dovima

Dovima Com os Elefantes, de Richard Avedon, 1955, o vestido é Christian Dior.

Entre elas, a campanha do perfume Opium, de YSL, que foi banida da Inglaterra, uma imagem de Richard Avedon em que uma modelo aparece entre elefantes, e é claro, o retrato Kissing Nun, de Oliviero Toscani, que por anos esteve à frente das campanhas da United Colors of Benetton. Para se ter uma idéia do sucesso da exposição, o catálogo está esgotado.

kissing-nun

Kissing Nun, de Oliviero Toscani, que poderia ter uma sala exclusiva para seus retratos controversos.

Se estiver em Paris corra pra ver. Aproveite a ocasião para dar uma volta pelas galerias do Palais Royal, vizinho da BNF. Ali você vai se deliciar com as vitrines do brechó de luxo Didier Ludot, além das lojas de Rick Owens, Stella McCartney, Marc Jacobs…

didier-ludot

Vitrine do brechó Didier Ludot, nas galerias do Palais Royal.

Serviço:
BNF – Bibliotèque Nacionale de France
3as e 4as – 10 às 19h
5ª a sábado – 10 às 20h
Domingos – 12 às 19h
Dias 28, 29 e 30 de maio – até 23h
Entrada – 7 euros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.