Semana de Moda de Paris – Dia 03

Post

Por Mirela Lacerda

As outras coleções de destaque ontem foram: Ann Demeulemeester, Comme des Garçons, Jean Paul Gaultier, Veronique Branquinho e Viktor & Rolf.

O desfile da Ann foi bom, porém repetitivo demais. Bonitos os casacos de pele de carneiro tingidos de roxo e as jaquetas acinturadas até os quadris.

Ann Demeulemeester

Na Comme des Garçons, Rei Kawakubo brincou com a cafonice. Mas como quem veste a grife é sempre cult e nunca brega, as peças como os casacos e camisas xadrez de corações bordados, os vestidos de poás e os looks lingerie não tem como não serem classificados como itens descolados para mulheres de estilo.

Comme des Garçons

Jean Paul Gaultier está mais selvagem do que nunca pois usou todo tipo de pele em seu desfile. Não sei como o PETA não invadiu a passarela. Anyway, gostei dos trench-coats e dos vestidos de veludo coloridos.

Jean Paul Gaultier

Na coleção de Veronique Branquinho, o que achei melhor foi o uso de tecidos como o náilon. O efeito brilhoso nos vestidos deu um ar bem refrescante ao desfile.

Veronique Branquinho

Finalmente, o desfile de Viktor & Rolf foi o mais divertido da temporada. Eles brincaram com a palavra “No”, com um efeito 3D no primeiro look (um trench cinza), absolutamente incrível! O “No” apareceu bordado em camisetas e pintado no rosto das modelos. O que os estilistas querem dizer com isso? Múltiplas interpretações…mas eles são otimistas, afinal a expressão “dream on” também apareceu em vários looks, que aliás estavam ótimos: pantalonas bordadas, corselets, vestidos assimétricos e calças skinny. As cores eram preto, cinza, vermelho, cinza e marrom, este último ganhou um belo efeito sob um tecido transparente preto. Amei as botas “em camadas”!Vamos continuar sonhando…

Viktor & Rolf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.