Desfiles

Semana de Moda de Paris – Outono/Inverno 2013-14: Dior

dior01 dior02
Um patchwork de referências artísticas foi o ponto de partida de Raf Simons para este outono/inverno da Dior. O estilista segue firme e forte em sua intenção de criar uma nova linguagem para a grife, observada nas peças que parecem ser uma evolução do que ele já apresentou em coleções passadas (assimetrias, alfaiataria com toques femininos, cores neutras com inserções de vibrantes, tecidos com brilho).

dior12 dior10

O desfile começou com as tais referências artísticas vindo da própria maison, vide as ilustrações vintage de sapatos e modelos da Dior aplicadas nos vestidos e até na bolsa (it bag à vista!). Junto com isso, tailleurs desconstruídos e terninhos de calças pantalona, quase todos em preto ou preto & branco.

dior08dior09

O patchwork ficou por conta de releituras de padronagens clássicas como pied-de-poule, inseridas alternadas aos tecidos lisos. Bons momentos também nos tricôs p&b criando formas geométricas e nos vestidos tomara que caia de silhueta anos 50 e corte minimalista, feitos de couro.

dior13dior14

No fim, formas arquitetônicas e assimétricas apareceram em looks de tecidos transparentes, com bordados de flores, uma contraposição às peças de alfaiataria modernistas, impecavelmente modeladas. Destaque também para os sapatos de saltos geométricos e para a maquiagem que sempre surpreende!

dior16dior23

Com esse desfile, Raf Simons prova que sua visão concisa e coerente sobre a Dior está colocando a grife novamente no topo da pirâmide fashion, um lugar de onde ela nunca deveria sair…

dior26dior28

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.