Semana de Moda de Paris – Dia 04 – Lacroix, Dries van Noten e Ungaro

Post
Por Mirela Lacerda
Ontem foi um dia recheado de desfiles importantes e bem diversos, que podem ser divididos em duas partes. Em uma, estão as marcas que apostaram nas cores e estampas como Christian Lacroix, Dries van Noten e Ungaro. A outra fica por conta dos que optaram por poucas cores e foco na modelagem: Hussein Chalayan, Givenchy e Karl Lagerfeld. Destes, falo no próximo post.

O desfile de Lacroix começou bem sóbrio, com casacos com ou sem mangas, ou mangas de plumas, em preto e branco. Mas depois sua tradicional explosão de cores apareceu com as estampas abstratas, que pareciam pintadas no próprio tecido. Lindas. Para finalizar, vestidos monocromáticos em pink, amarelo limão e laranja.

Christian Lacroix

Dries van Noten é sempre um dos desfiles que mais espero na semana de Paris. A-do-ro seu uso de cores e estampas e o mix étnico que ele faz em toda coleção. Desta vez ainda tinha uns casacos brocados e algumas peças de pele que me lembraram um pouco Paul Poiret.

Dries van Noten

Na Ungaro foi a estréia de Esteban Cortazar, de apenas 23 anos, à frente do estilo. Considerei que a Ungaro estava colorida pois a imagem que tenho (e acho que a maioria das pessoas tem) da marca é o uso de cor. Talvez para quebrar essa tradição, o estilista decidiu não usar muitas cores, apenas uns toques de rosa e muito cinza. Uma pena, pois as formas estavam muito boas, especialmente as com amarrações e torcidos. As estampas também não estavam lá muito alegres. Anyway, vamos esperar a próxima para ver se ele “pega o jeito”.

Ungaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.