Semana de Moda de Paris – Dia 05 – Hussein Chalayan, Givenchy e Lagerfeld

Post

Por Mirela Lacerda

Hussein Chalayan é o cientista da moda. Acho que nenhum outro estilista pensa a moda como ele e se inspira em coisas como a “evolução humana” em suas coleções. Estampas de pedra e pedras de Swarovski remetiam, claro, à Idade da Pedra! E no final, uma modelo com um body e várias luzinhas em volta reproduzia a teoria do Big Bang. Fora isso, sua coleção era perfeitamente comercial, com muitos vestidos assimétricos, drapeados, minis, looks em preto, micro estampas coloridas e tecidos tecnológicos.

Hussein Chalayan

Na Givenchy, Riccardo Tisci fez uma das coleções mais bonitas para a marca, até agora. Ele andou viajando pela América do Sul e se encantou com a nossa cultura católica. Os primeiros looks me lembraram a Madonna no começo de carreira e aqueles mil colares e crucifixos que ela usava. Mas foi apenas uma lembrança vaga, já que a Givenchy é muito chique e o estilista investe pesado na modelagem. As calças retas, os blazers, os casacos e as camisas de babados eram perfeitos. As rendas, super delicadas e os looks finais, cheios de bordados artesanais lindos! Já é uma das minhas coleções favoritas da temporada…

Givenchy

No desfile de Karl Lagerfeld, o que mais gostei foram os primeiros looks, de jaquetas sobre mini saias pregueadas e os que lembravam a silhueta da Belle Époque, com saia longa, blusas corseletadas e de mangas redondas volumosas.

Karl Lagerfeld

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.